Archivo mensual: febrero 2006

Festejando Minhas Favoritas

  Mangueira Samba-Enredo     Carnaval 2006 Enredo: "Das águas do Velho Chico, nasce um rio de esperança"Autores: Henrique Gomes, Gilson Bernini e Cosminho  Vou navegar…Com a minha Estação PrimeiraNas águas da integração chegou MangueiraOpará… rio-mar, o nativo batizouQuem chamou de São … Seguir leyendo

Publicado en Uncategorized | Deja un comentario

É Carnaval …Minha Reverência ao Enredo da Unidos da Vila Isabel

  "Soy Loco Por Tí, América: A Vila Canta a Latinidade"   "Sangue caliente" corre na veiaÉ noite no Império do SolA Vila Isabel semeiaSua poesia em "portunhol"E vai… buscar num vôo à imensidão"Dourados" frutos da ambiçãoTropical por naturezaFez brotar … Seguir leyendo

Publicado en Uncategorized | Deja un comentario

Sem Aparente Significado Especial

Relinchando e Carnavaleando   luxo luxo luxo puro luxo puro lux de luxo pra sentir pra limpar o seu fofucho luxo luxo luxo porque luxo é tudo no planeta pra viiver pra limpar a sua… mente lux lux lux de … Seguir leyendo

Publicado en Uncategorized | Deja un comentario

Voltando Depois de Uma Semana Fora do Ar…

Caminhando leve, Altos y bajos, Tremenda paciência, Relacionada as emoções Explode todo o sentido Possível verdade Busca da clareza Tranqüilidade de tarântula Coração nunca será o mesmo Arrebatada pela saudade Carinho que sonhei Onde andam teus pés?   Carece outra cama, … Seguir leyendo

Publicado en Uncategorized | Deja un comentario

Um Pouco de Lirismo

O mundo estava no rosto da amada – O mundo estava no rosto da amada –e logo converteu-se em nada, emmundo fora do alcance, mundo-além. Por que não o bebi quando o encontreino rosto amado, um mundo à mão, ali,aroma … Seguir leyendo

Publicado en Uncategorized | Deja un comentario

Terras Irlandesas

A ROSA DO MUNDO Quem sonhou que a beleza passa como um sonho?Por estes lábios vermelhos, com todo o seu magoado orgulho,Tão magoados que nem o prodígio os pode alcançar,Tróia desvaneceu-se em alta chama fúnebre,E morreram os filhos de Usna. … Seguir leyendo

Publicado en Uncategorized | Deja un comentario

Memoria Argentina

  …si yo no lloro… …si yo no lloro,no,no estoy llorando.Es sólo un grito de aguaque se escapapor entre las fisuras de mi cuerpo…   Datos Biográficos Me sacaron la tierrade debajo-a eso llaman destierro-o sea que, de pronto,me faltó … Seguir leyendo

Publicado en Uncategorized | Deja un comentario